Banda Hey Jude – 50 anos de Sgt. Pepper´s em São Paulo

Por Marco Antonio Mallagoli
Revisão de texto Marcia Maluf
Fotos Emmy Fotografia - cortesia Rogerio Guesso

intro

No dia 27 de julho de 2017, aconteceu em São Paulo no Teatro Bradesco que fica no Shopping Bourbon, um show comemorando os 50 anos do lançamento e da revolução causada pelo disco Sgt. Pepper´s, com a apresentação da excelente banda “Hey Jude”.

logo

O show começou por volta das 21:45 com apresentação da orquestra que tocou com a banda no show, por sinal um pessoal muito bom e talentoso.

logo banda

Vamos voltar um pouco ao tempo – essa banda teve seus integrantes dissidentes da banda “Abbey Road”, que depois acabaram se tornando “Just Beatles”, fizeram parte do show teatral “All You Need is Love” e hoje em dia formam esse núcleo com Thomas Arques na guitarra-solo e vocais (George), Cesar Kiles no baixo e vocais (Paul), Renato Almeida bateria e vocais (Ringo), Thiago Gentil guitarra base e vocais (John) e Anselmo Ubiratan maestro (George Martin).

thomas
Thomas Arques - George Harrison

cesar
Cesar Kiles - Paul McCartney

renato
Renato Almeida - Ringo Starr

thiago 02
Thiago Gentil - John Lennon

Mas vamos ao show, com teatro lotado, em plena quinta-feira.

Eles fizeram a primeira entrada (fase terninho) e escolheram músicas que foram e são sucesso e marcaram a vida de muita gente no mundo como “I wanna hold your hand”, “All My Loving”, “She Loves You”, “A Hard Day´s Nigth/ I should have known better” (com a gaita bem tocada e certa), “Help!” entre outras, e depois fizeram na íntegra e na sequência o disco “Sgt. Pepper´s” (devidamente fardados), uma ameaça a toda e qualquer banda executar, devido a sua complexidade nos arranjos vocais e instrumentais.

help

Entre as músicas “normais”, todas muito bem executadas, me chamou muito a atenção “Every Little Thing” com guitarra Rickanbacker de 12 cordas e tímpanos (ajuda da orquestra).

Fizeram uma fase de “Meditação”, mudando as roupas após o “Sgt. Pepper´s” e encerraram o show com a participação ativa da plateia com “Hey Jude” (música que dá nome à banda).

meditacao
Banda na fase "meditação"

A orquestra, muito boa por sinal, deu ao show um tom mais sério e elaborado, com arranjos muito bem feitos e mostrando semelhança com o disco original.

orquestra 2
Anselmo Ubiratan maestro (George Martin) e Orquestra Hey Jude

A orquestra tem os seguintes músicos:

Orquestra Hey Jude

Regente - Anselmo Ubiratan
Violino 1 – Daniele Rosendo
Violino 2 – Mariana Ribeiro
Viola – Mauro Koiti Shimada
Violoncelo – Ana Carolina Miguez
Sax Flauta 1 – Edmir de Brito
Sax Flauta 2 – Igor Thomaz  Pereira
Trompete 1- Leandro da Silva Lima
Trompete 2 – Eurípedes Soares
Trompa – Edson Nascimento
Trombone – Abdnald Santiago
Percussão - Vinícius Farias

Mas o que mais me impressionou, além do “picollo” de “Penny Lane”, tocado com precisão e maestria, foi a seção Hindu, comandada por Fabio Kidesh no sitar.
Me senti dentro dos estúdios 2 da Abbey Road nos dias 15 e 22 de março de 1967, quando George Harrison gravou a música “Whitin You, Without You” com a participação de músicos hindus e seus instrumentos exóticos.
Quero dar parabéns a eles todos pela perfeição com que a música foi executada.
Foi emocionante mesmo.
Os músicos são:

sitar grupo


Dilruba – Daniel Cesar Martins
Sitar – Fábio José Mariano da Anunciação (Fabio Kideshi)
Tabla – Ricardo Barreto
Tampura e canto – Thomas Arques
Swarmandal – João Cantizani
Snuj e  Kanjira – Fabio Marrone

sitar 01
Fabio Kideshi e Marone - Sitar / Snuj e Kanjira

sitar 02
Ricardo Barreto - Tabla

sitar 03
Dilruba – Daniel Cesar Martins

thomas citar
Tampura e canto – Thomas Arques

fabio e eu
Após o show, Fabio Kideshi e Marco Antonio Mallagoli

O público, vibrou, cantou junto, dançou, enfim foi mesmo um show de sucesso, e acredito que muitos outros virão, por isso não percam.

02